Ajude a moldar o programa de ciências espaciais da ESA

6 Março 2019

Como se formou a nossa galáxia Via Láctea? Como crescem os buracos negros? Qual é a origem do nosso sistema solar? Existem outros mundos capazes de acolher vida? Estas são algumas das questões que as nossas atuais missões científicas estão destinadas a abordar. Mas quais são, na sua opinião, as questões mais importantes que as nossas futuras missões deveriam abordar? Agora é a sua oportunidade de nos contar.

Günther Hasinger, Diretor de Ciência da ESA, está a convidar o público a partilhar as suas opiniões sobre as questões que o Voyage 2050, o programa científico espacial da ESA para o período de 2035-2050, deve abordar. Esta consulta pública começa hoje e será realizada até o final de junho.

Esta é a primeira vez que a ESA convida o público a participar neste processo.

“As nossas missões são financiadas pelos Estados-Membros, e isso significa os seus cidadãos,” diz o Diretor Hasinger. “Queremos incentivar o senso de propriedade e envolvimento no programa de ciências espaciais com o nosso público e, por isso, queremos ouvir as opiniões de todos e escolher o nosso próximo conjunto de missões de maneira aberta e transparente.”

A pesquisa não requer conhecimento especializado sobre tópicos de ciência espacial e foi especialmente preparada para orientar os participantes através de uma sequência de perguntas.

A cada dez anos, a ESA consulta a comunidade científica da Europa para planear o futuro do seu programa científico. O plano atual, Visão Cósmica 2015-2025, que cobre uma série de missões que serão lançadas e operadas entre agora e o início da década de 2030, surgiu de uma consulta com cientistas europeus que começou em 2005. As missões da Visão Cósmica investigarão questões profundas sobre a natureza e a origem do nosso Sistema Solar e do Universo como um todo.

Entrevista com o Diretor HasingerAccess the video

Missões científicas espaciais inovadoras podem levar até vinte anos desde o conceito, desenvolvimento e lançamento, até à produção de resultados científicos. A missão pioneira Rosetta, lançada em 2004 para se encontrar com o Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko e lançar uma sonda para a sua superfície em 2014, teve as suas raízes no programa Horizon 2000, um plano ainda anterior que foi iniciado nos anos 80.

Embora possa parecer distante no futuro, já é hora de começar a planear além do horizonte atual, para as décadas até 2050.

Esta perspetiva prospetiva é crucial para a Europa, pois proporciona a confiança e os objetivos comuns para os esforços de colaboração sustentada de cientistas, engenheiros, indústria e agências de financiamento ao longo de muitas décadas. O planeamento estratégico a longo prazo também garante o desenvolvimento contínuo de tecnologia inovadora, ao mesmo tempo que promove a experiência em investigação da Europa em vastas áreas científicas.

“Esta consulta representa uma excelente oportunidade para a ciência espacial europeia”, diz o diretor Hasinger.

“Veremos o que podemos realizar no futuro, e isso significa que incentivamos especialmente os jovens a partilharem os seus pontos de vista. Afinal, são eles que irão trabalhar e beneficiar dessas missões.”

Mais Informações

Para participar desta consulta pública, aceda: sci.esa.int/discovering-our-universe/survey

Todos com mais de 16 anos de idade, de todo o mundo, estão convidados a participar. Não há restrições de nacionalidade.

Como um agradecimento por participar da pesquisa, os participantes podem optar por ser incluídos num sorteio mensal de um vale-presente durante toda a duração da consulta pública.

Mais detalhes sobre esta consulta pública: sci.esa.int/discovering-our-universe

Está também a decorrer uma consulta paralela com a comunidade científica da Europa em preparação para a Voyage 2050.

Para mais informações, é favor contactar: 
Luigi Colangeli
Head of the Science Coordination Office
Directorate of Science
European Space Agency
Email: luigi.colangeli@esa.int

Fabio Favata
Head of the Strategy, Planning and Coordination Office
Directorate of Science
European Space Agency
Email: fabio.favata@esa.int

Markus Bauer
ESA Science Programme Communication Officer
Tel: +31 71 565 6799
Mob: +31 61 594 3 954
Email: markus.bauer@esa.int

Avalie

  • Atualmente 5 de 5 estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Avaliado: 5/5 (2 votos realizados)

Obrigado por avaliar!

Você já avaliou esta página, você só pode avaliar uma vez!

Sua avaliação foi modificada, obrigado por avaliar!

Pontos de vista

282