Módulo InSight entre as mais recentes recompensas fotográficas da ExoMars

15 Março 2019

Curiosas características da superfície, minerais formados pela água, vistas estereoscópicas em 3D e até mesmo uma imagem do módulo InSight demonstram o alcance impressionante na capacidade de obtenção de imagens da sonda ExoMars Trace Gas Orbiter.

A ESA-Roscosmos Trace Gas Orbiter, ou TGO, foi lançada há três anos, a 14 de março de 2016. Chegou a Marte no dia 19 de outubro desse mesmo ano e passou mais de um ano a demonstrar a técnica de aerotravagem necessária para alcançar a sua órbita científica, iniciando a sua missão principal no final de abril de 2018.

Olá, InSight

Entre uma nova vitrine de imagens do Sistema de Imagem de Cor e Superfície Estéreo da nave espacial, o CaSSIS, está uma imagem do módulo de aterragem InSight da NASA - a primeira vez que um instrumento europeu identificou um módulo no Planeta Vermelho.

O InSight chegou a Marte no dia 26 de novembro de 2018 para estudar o interior do planeta. Imagens do módulo de aterragem já foram enviadas pela Sonda Mars Reconnaissance da NASA; estas são as primeiras imagens da TGO.

...
ExoMars fotografa o InSightAccess the image

O InSight chegou a Marte no dia 26 de novembro de 2018 para estudar o interior do planeta. Imagens do módulo de aterragem já foram enviadas pela Sonda Mars Reconnaissance da NASA; estas são as primeiras imagens da TGO.

A imagem pancromática aqui apresentada foi obtida pelo CaSSIS, a 2 de março de 2019, e cobre uma área de cerca de 2,25 x 2,25 km. Naquela altura, o InSight estava a perfurar com uma sonda a superfície para medir o calor vindo de dentro do planeta.

A imagem do CaSSIS mostra o InSight como um ponto ligeiramente mais brilhante no centro da mancha escura, produzido quando a sonda disparou os seus retro-foguetões, pouco antes da aterragem na região de Elysium Planitia de Marte, perturbando a poeira da superfície. O escudo de calor libertado logo antes da aterragem também pode ser visto na borda de uma cratera, e o escudo traseiro usado para proteger o módulo durante a descida também é identificado.

“A ExoMars Trace Gas Orbiter está a ser usada para transmitir dados do InSight para a Terra”, diz Nicolas Thomas, principal investigador do CaSSIS, da Universidade de Berna, na Suíça. “Devido a essa função, para evitar incertezas nas comunicações, não tínhamos, até agora, sido capazes de apontar a câmara para o local de aterragem - tivemos que esperar até que o local de aterragem passasse diretamente sob a aeronave para obter esta imagem.”

Espera-se que o CaSSIS forneça suporte adicional à equipa do InSight, observando a superfície de Marte na área ao redor do módulo. Se o sismógrafo captar um sinal, a fonte pode ser um impacto de meteorito. Uma das tarefas do CaSSIS será ajudar a procurar o local de impacto, o que permitirá que a equipa do InSight restrinja melhor as propriedades internas de Marte perto do local de aterragem.

A imagem do InSight também demonstra que o CaSSIS poderá tirar fotos da futura missão ExoMars. A missão compreende um rover - denominado Rosalind Franklin - juntamente com uma plataforma de ciência de superfície, e deverá ser lançada em julho de 2020, chegando a Marte em março de 2021. A TGO também atuará como o retransmissor de dados para o rover.

...
Sulfatos salgadosAccess the image

Vitrine da ciência

Também foi lançada hoje uma seleção de imagens que capturam as impressionantes capacidades científicas do CaSSIS, desde imagens de alta resolução de características intrigantes da superfície a imagens que destacam a diversidade de minerais na superfície, até imagens estéreo em 3D e modelos digitais do terreno.

As imagens selecionadas incluem visualizações detalhadas de depósitos em camadas nas regiões polares, a natureza dinâmica das dunas de Marte e os efeitos na superfície dos redemoinhos de poeira convergentes. As imagens estéreo trazem as cenas vivas, fornecendo uma visão extra sobre as diferenças de elevação, que é essencial para decifrar a história em que diferentes camadas e depósitos foram estabelecidos.

...
Ascraeus Mons - modelo digital do terrenoAccess the image

As imagens de compósito de cores são processadas para destacar melhor o contraste das características da superfície. Em combinação com dados de outros instrumentos, isto permite aos cientistas rastrear regiões que foram influenciadas pela água, por exemplo. Estas imagens também podem ser usadas para ajudar a guiar as missões de exploração de superfície e fornecer um contexto regional mais amplo para módulos de aterragem e rovers.

“A imagem do InSight é apenas uma das muitas imagens de alta qualidade que recebemos”, acrescenta Nicolas. “Todas as imagens que estamos a partilhar hoje representam algumas das melhores dos últimos meses. Também estamos muito satisfeitos com os modelos digitais do terreno.”

“Este impressionante mostruário de imagens realmente demonstra o potencial científico que temos com o sistema de imagem da TGO”, diz Håkan Svedhem, cientista do projeto TGO da ESA. “Ao longo da missão, poderemos investigar processos de superfície dinâmicos, incluindo aqueles que também podem ajudar a restringir o inventário de gás atmosférico que os espectrómetros da TGO têm vindo a analisar, bem como a caracterizar futuros locais de aterragem.”

...
Dunas drapeadas - 3DAccess the image

Clique aqui para a galeria de imagens completa.

 

Notas para editores

As imagens foram produzidas por equipas da Universidade de Berna, na Suíça; a Universidade do Arizona, EUA; e INAF-Padova, Itália.

Leia o comunicado de imprensa da Universidade de Berna aqui

...
Terrenos em camadas no polar sulAccess the image

Para mais informações é favor contatar:
Nicolas Thomas
CaSSIS Principal Investigator
Center for Space and Habitability (CSH)
University of Bern, Switzerland
Phone: +41 31 631 44 06
Email: nicolas.thomas@space.unibe.ch

Håkan Svedhem
ESA TGO project scientist
European Space Agency
Email: hakan.svedhem@esa.int

Markus Bauer
ESA Science Programme Communication Officer
Tel: +31 71 565 6799
Mob: +31 61 594 3 954
Email: markus.bauer@esa.int

Avalie

  • Atualmente 5 de 5 estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Avaliado: 4.8/5 (5 votos realizados)

Obrigado por avaliar!

Você já avaliou esta página, você só pode avaliar uma vez!

Sua avaliação foi modificada, obrigado por avaliar!

Pontos de vista

389